16/01/2017

Vida minha

Segura minha mão, não solta ela por nada. Eu sinto medo, durante a noite, ou no meio do dia, eu sinto tanto medo de coisas bobas e meu maior medo é não ter sua mão pra segurar.
Na maior parte do tempo eu sou forte, sou confiante e segura, mas do nada vem aqueles medos, aquela sensação que nada faz sentindo e que o mundo vai desabar. 
Não deixa meu mundo desabar, não deixa a gente tombar e muito menos sentir medo de acabar. 


0 comentários:

Postar um comentário

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova